Imposto de Renda 2019: as principais mudanças

Começou, no dia sete de março, o prazo para a entrega do Imposto de Renda 2019. A declaração deve ser entregue até o dia 30 de abril, e os contribuintes precisam ficar atentos às mudanças na hora de declarar os rendimentos.

Vale ressaltar que muitas dessas novidades já eram facultativas no ano passado, e possuem efeito obrigatório a partir desse ano.

Quer saber mais? Confira as principais mudanças do Imposto de Renda 2019.

CPF de dependentes

No Imposto de Renda 2019, todos os dependentes dos contribuintes, independente da idade, devem ter os CPFs discriminados na declaração, inclusive os menores de oito anos e recém-nascidos.

Informações Complementares

O preenchimento dos campos destinados às informações complementares agora é obrigatório.

Receitanet

Esse ano, não vai mais ser necessário instalar os programas de declaração e envio separadamente. Os dois programas foram unificados.

Dedução de gastos com empregado doméstico

O valor para dedução de gastos com empregado doméstico foi reajustado no Imposto de Renda 2019, passando de R$ 1.171,84 para 1.200,32. Este, entretanto, é o último ano em que os contribuintes poderão deduzir esses gastos.

Instituição Financeira

A partir deste ano é obrigatório informar o CNPJ da instituição financeira em que o contribuinte possui conta-corrente e aplicações financeiras.

Alíquota

Na declaração será preciso informar a alíquota, ou seja, a porcentagem descontada e que varia de acordo com os rendimentos que a pessoa recebeu. No site da Receita é possível consultar a alíquota referente aos seus rendimentos.

Pensão Alimentícia

O programa do IRPF deste ano incluiu um espaço específico na ficha `Rendimento Recebido de Pessoa Física’ para a inclusão de ganhos que sejam relacionados ao pagamento de pensão alimentícia. O item está disponível na coluna ‘Outros Rendimentos’, como ‘Pensão Alimentícia`.

Prazos/Dados

Até o ano passado, a Receita levava 15 dias para avisar se algum dado não estava batendo na declaração. A partir deste ano, o contribuinte pode avisar no dia seguinte se está tudo certo no envio dos dados. Assim, se tiver algum problema, pode corrigir e reenviar as informações.

Restituição do Imposto de Renda 2019

Outra novidade é que a partir deste ano os professores terão prioridade nas restituições, assim como idosos, portadores de doenças graves, doentes físicos e mentais.

De acordo com a Receita, a restituição do Imposto de Renda ocorrerá entre os dias 17 de junho e 16 de dezembro, em um total de sete lotes. E, lembre-se: quanto antes você enviar a declaração, mais chances de receber a restituição nos primeiros lotes.

E você, tem dúvidas para preencher a declaração de Imposto de Renda? Não corra riscos de cair na malha fina. Saiba como a PartWork pode te ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.