Due Diligence para startups

Um dos grandes desafios das startups é, sem dúvidas, a atração de investimentos. Por outro lado, antes de fazer qualquer aporte, o desafio do investidor anjo é ter certeza da situação e das vantagens da startup em que pretende investir.

E é aí que entra a Due Diligence, procedimento que permite às startups dar mais clareza aos investidores e, a este público, uma análise realista de documentos, informações e da realidade do negócio.

O que é Due Diligence

Due Diligence, em tradução literal, significa diligência prévia. Trata-se de uma auditoria realizada em uma startup que visa receber um investimento, um novo sócio, ou passar por negociação.

O objetivo da Due Diligence é investigar a real situação da empresa, avaliando riscos e mensurando contingências tributárias, fiscais, jurídicas trabalhistas e previdenciárias.

Como é realizada a Due Diligence

A Due Diligence deve ser realizada por uma empresa de contabilidade e auditoria, que irá avaliar os aspectos contábeis, financeiros, fiscais e legais da startup.

Usualmente, são analisados documentos de dois a três anos ou, em negócios mais recentes, o histórico da startup. No processo, são avaliados aspectos como:

Dados da empresa

São analisados para verificar se estão em conformidade com a legislação, e também se possuem alguma questão que pode ir contra os interesses do investidor. São avaliados documentos como contrato social e possíveis alterações, inscrição em órgãos de classe, registro em órgãos públicos, entre outros da mesma natureza.

Condição tributária e fiscal

A contabilidade é a prova da saúde financeira de uma empresa. Assim, a análise tributária e fiscal é fundamental para mostrar aos investidores que a startup está realmente em compliance e não oferece riscos, possuindo o enquadramento correto, impostos e obrigações acessórias em dia, e certidões negativas de débitos válidas.

Contabilidade

A escrituração contábil, as demonstrações, ativos e situação patrimonial da empresa também são analisados.

Aspectos trabalhistas

A Due Diligence não só verifica se a empresa está em dia com as questões trabalhistas, mas também analisa pontos como plano de cargos e salários, benefícios, manuais de conduta, sigilo das operações da empresa, certidão negativa de débitos trabalhistas e processos na justiça.

Dados financeiros

A análise dos dados financeiros tem como objetivo esclarecer os interessados sobre a saúde financeira da startup. São avaliados itens como relatórios financeiros, contas a pagar e receber, indicadores, previsão de receitas e planejamento orçamentário.

Situação previdenciária

Avaliação para checar se a startup está em dia com as contribuições previdenciárias, possuindo a certidão negativa de débitos referentes à folha de pagamentos.

Estratégias

A estratégia empresarial é fundamental para o sucesso ou não do empreendimento. Por isso, entre os elementos analisados na Due Diligence estão o planejamento estratégico, parceiros, segmento de atuação e matriz SWOT.

Contratos

A Due Diligence analisa cada um dos contratos válidos no negócio.

Registro de propriedade

Análise dos registros que protegem as propriedades da empresa, seja intelectual, de patentes ou direitos autorais.

Marketing/Vendas

Planos e estratégia dos dois setores, assim como a integração de ambos.

Produtos e serviços

Avaliação não apenas das soluções ou produtos em si, mas tudo o que envolve o processo, como precificação, forma de entrega, atualizações, desenvolvimento, entre outros aspectos.

Vantagens da Due Diligence

Conquistar investimentos e investidores é crucial para qualquer startup.  A Due Diligence permite ao investidor verificar corretamente a realidade financeira –  e é claro que quanto maior a certeza sobre o retorno sobre os investimentos, muito maior a chance de atração desse público.

Além disso, ter um check up real da startup é fundamental para a definição de estratégias, correção de falhas e preparação para uma base sólida de crescimento.

E a sua startup, está preparada para receber ou já fez uma Due Diligence? Em uma disputa por investimentos com concorrentes, o quanto o seu negócio se comprovaria realmente atrativo? Converse com a Partwork!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.