Dicas e cuidados na contabilidade para importadoras e exportadoras

Uma gestão contábil eficiente é fundamental para o sucesso de qualquer negócio, independente do tamanho ou área de atuação da empresa. E a questão é ainda mais delicada quando falamos de contabilidade para importadoras e exportadoras, já que o tramite é burocrático e deve ser seguido com atenção pelas empresas, para que sejam evitadas multas ou outras penalidades.

Quer saber mais? Veja dicas e cuidados na contabilidade para empresas importadoras e exportadoras.

Legislação específica

É muito importante entender a legislação que envolve o processo de comércio exterior. Por exemplo, ao enviar um produto para outro país, é preciso atender as normas do local em questão para que a carga não fique retida. Ademais, a nota fiscal deve ser emitida no padrão internacional.

Informações inexatas ou incompletas

É preciso muita atenção com a contabilidade da empresa, pois não conseguir comprovar qualquer tipo de movimentação pode ser interpretado como sonegação fiscal, o que traz problemas e prejuízos imensos para a organização.

A documentação deve estar completa, de acordo com o exigido pelos órgãos fiscalizadores, como, por exemplo:

Packing List (Romaneio): preenchido pelo exportador, este documento lista os bens (conteúdos e volumes), facilitando a fiscalização aduaneira.

Fatura proforma: cotação ou formalização do pedido de compra do importador. Por meio do documento é realizada a Licença de Importação e o pagamento.

Declaração de Importação: formulário processado pelo Siscomex, trata-se de um documento que agrega informações cambiais, tributárias e comerciais do bem importado.

Invoice (Fatura Comercial): documento que formaliza a operação de compra com uma empresa estrangeira. Espécie de nota fiscal internacional, traz descrições como detalhes dos bens, valores, entre outros.

Acordo de livre comércio

Alguns países têm regras de exportação ou importação diferenciadas devido a acordos de livre comercio. É o que acontece, por exemplo, nas importações ou exportações entre os países do Mercosul.

Desconhecimento da tributação

Conhecer a tributação específica das empresas pode trazer aos profissionais uma série de benefícios tributários. Por exemplo, as empresas importadoras podem ser isentadas do Imposto de Importação e das Contribuições do PIS e Cofins, se destinados ao exterior. Em alguns casos é possível também requisitar a desoneração tributária na aquisição de máquinas e equipamentos, assim como no ICMS das importações feitas entre portos e aeroportos.

Penalidades

Se a empresa não atender todas as exigências do país envolvido na operação, pode ser penalizada com apreensões, perdas de carga e até mesmo bloqueio das operações. Por isso, é fundamental conhecer as particularidades da atividade.

Especialistas em contabilidade para importadoras e exportadoras

Com essa gama de particularidades, é importante encontrar uma assessoria contábil ou contar com profissionais que tenham know how em importadoras e exportadoras, já que os processos são burocráticos e específicos.

Tem alguma dúvida sobre tributação em importadoras ou exportadoras? Quer contar com uma assessoria contábil com experiência comprovada no assunto? Converse com a PartWork.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.