5 dicas de ouro para reduzir custos em sua empresa

Saber gerir corretamente e reduzir custos são aspectos fundamentais para as empresas se manterem competitivas, com saúde financeira e aumentarem o lucro

A ideia de reduzir custos, aliás, não deve ser levada em conta apenas em momentos emergenciais. Quando realizada com planejamento, a redução de despesas pode garantir à empresa recursos para inovação e novos investimentos que ajudam o negócio a crescer.

E, acredite, é possível diminuir os gastos sem comprometer em nada a competência e eficiência da empresa. Quer saber mais? Confira cinco dicas de ouro para reduzir custos em sua empresa!

reduzir custos

#1 Negocie com fornecedores

Saiba negociar com os fornecedores.  Peça descontos, pesquise, tente aprender sobre técnicas de negociação.

Se você faz questão de manter um fornecedor, tente renegociar os preços. Assim, você pode garantir a qualidade do produto ou serviço economizando e melhorando a margem de lucro.

Não dependa também de um único fornecedor. O ideal é ter uma lista com, pelo menos, três fornecedores para cada produto ou serviço. Dessa maneira, você pode conseguir sempre o melhor preço na hora de comprar.

#2 Planejamento Tributário

Que o custo que as empresas arcam com o pagamento de impostos e tributos é bastante elevado não é novidade. O que muitos empresários não sabem é que podem estar pagando mais por ter escolhido um regime tributário que não é o mais adequado para o seu negócio.

Faça um planejamento tributário eficiente com uma empresa contábil de qualidade. A estratégia visa à escolha do melhor regime de tributação para a sua empresa, levando em conta os modelos de tributação, deduções e alíquotas que podem beneficiar o seu negócio.

Um bom planejamento permite à empresa reduzir consideravelmente a carga tributária, e tudo por meio de procedimentos legais.

#3 Atenção ao fluxo de caixa

O fluxo de caixa é fundamental para o gerenciamento dos lucros e gastos de uma empresa. Ele envolve despesas, receitas, capital de giro, investimentos e saldos em conta corrente, ou seja, manter esse fluxo sob controle é de total importância para a saúde do negócio.

Com ele é possível analisar orçamento, comparar gastos e receitas, avaliar custos e despesas, buscando identificar o que pode ser supérfluo, e identificar gargalos que podem ser trabalhados. Por exemplo, muitos produtos armazenados, retiradas recorrentes de dinheiro do caixa, mercadorias sem rotatividades, custos operacionais elevados, entre outros.

#4 RH estratégico

O custo com recursos humanos é um dos maiores da empresa. O setor, no entanto, pode e deve ser estratégico para aumentar a produtividade da equipe, atuar na educação financeira dos funcionários e engajá-los, o que é importante para a empresa.

Lembre-se que processos de recrutamento e seleção falhos e falta de gestão de talentos e equipes podem resultar em custos significativos. Neste sentido, remanejar pessoas e terceirizar tarefas também são ações solucionadoras e que reduzem custos.

#5 Revise os processos

Processos não podem ser engessados, já que os custos podem ser resultado de processos falhos.  Assim, de tempos em tempos revise a maneira como as tarefas são realizadas, se elas podem ser otimizadas, e busque melhorias que levem à redução de desperdícios, seja de tempo, mão de obra ou materiais.

Gostou das nossas dicas? Quer reduzir custos em sua empresa? Saiba como a PartWork pode ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.